Jornalista Detida por Investigar Perseguição a Cristãos

A China continua com a política de demolição de templos cristãos, conforme noticiado no Jornal Mensageiro da Paz 1.550, página 15 (julho de 2014) e desta vez, o governo local fez mais uma vítima do autoritarismo. No dia 23 de janeiro a jornalista Jiang Yannan foi detida na China por ter se deslocado até Zhejiang (outrora conhecida como Jerusalém Oriental) a fim de apurar informações sobre o fechamento e demolição de templos e cruzes. A investigação da jornalista lhe rendeu a detenção que repercutiu na impressa internacional. O site Portas Abertas divulgou que a profissional trabalhava na revista Asiaweek (uma publicação em língua chinesa com sede em Hong Kong).


“Quiseram me impedir de entrevistar as pessoas”, contou Jiang que prestou esclarecimentos e foi liberada. As pessoas que foram por ela entrevistadas também foram alvo da polícia chinesa. “Eles têm me seguido e incomodado as pessoas que tento entrevistar. Eu colhi uma série de depoimentos nesta viagem, e desta vez as autoridades locais estão muito mais rígidas [com os jornalistas]”, disse a jornalista.


Fonte: Jornal Mensageiro da Paz –  Ano 85 – Número 1.559 – Pág. 12 – Abril de 2015

Leave a Reply